sábado, 11 de dezembro de 2010

Era uma vez...uma história real.

Era uma vez uma família com uma situação financeira invejável. Pai, Mãe e três filhos.
Casa bonita e confortável, cada um com seu quarto, sua televisão e seu computador, dois carros, roupas de grife e passeios todo final de semana. 
Um dia, sem que ninguém esperasse, um revés! Falência! Passado o susto resolveram enfrentar o problema:  venderam um dos carros, venderam a casa e foram morar em uma casa pequena e alugada e as crianças foram para escola pública. 
O pai estava se sentindo fracassado, imaginando "o quanto a família estava perdendo" até o dia em que acompanhou o caçula na consulta, afinal agora ele tinha tempo; e sem que ninguém esperasse o pequeno cheio de alegria falou:
-Tia Zuleid, agora a minha casa é muito legal! Fica todo mundo bem pertinho e eu durmo com os meninos numa "cama-pédio"(beliche), e o papai agora é  rico e não precisa mais ficar o dia todo trabalhando, ele fica perto de mim trabalhando na minha casa e eu posso ficar toda hora com ele!  E na escola nova tem até restaurante (ele está na creche e lá ele almoça). Ah, e agora sai todo mundo no mesmo carro!
Olhei pro pai que não acreditava no que ouvia e choramos todos com o final feliz desta história! 

4 comentários:

Tati e Seus Nicola'S disse...

Por motivos como esse que sempre digo que gostaria de voltar a ver o mundo com os olhos de uma criança.
Bjos!

Iris Rocha disse...

Que bela lição de vida... As vezes quando achamos que estamos perdendo uma coisa muito importante na vida estamos ganhando outras que realmente não tem preço, crianças gostam de proximidade e de aconchego e as vezes o dinheiro só traz conforto e distancia, dificuldades servem para aproximar quando há amor entre a familia como nesse caso, o amor dessa familia superou tudo e tenho certeza que Deus está sempre abençoando eles.
Beijos

Iris Rocha

Anônimo disse...

IMPAGÁVEL PRESENCIAR ESSA LIÇÃO DE VIDA!...
E SABE QUE ESSE GAROTO ESTÁ CERTINHO..NÃO HÁ RIQUEZA MAIOR QUE TUDO ISSO QUE ELE DISSE!
Bjo Zú...
Cris Barreto

ana cristina disse...

Nossa!!!!Fiquei realmente emocionada.Eles sempre conseguem nos surpreender e nos ensinar a valorizar o que realmente importa.
Este pai deve se sentir muito orgulhoso e jamais um fracassado, mesmo com todas a dificuldades.