quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Obrigada!

Coxim. Berlim.


Misano Adriático.

Madri
Salvador.


Curitiba


Atenas.


San Diego

Roma.


Brasília.

Não importa onde você esteja; a Paz, a Alegria, a Esperança, a Fé e o Amor lhe encontrarão para lhe fazer companhia neste novo ano.
Obrigada pela companhia neste ano, aqui no Blog ou na vida real, vocês me fizeram muito feliz, com a parceria, com as visitas e com os comentários!
Feliz 2010!
Zuleid.





O menino e as frutas.


José Jr não era muito fácil no quesito "alimentação".
Por mais que fizéssemos não havia meios de convencê-lo a experimentar frutas.
Certa vez quando passava as férias comigo e não querendo me desapontar ele disse:
-Tia Zuleid, eu não gosto de frutar!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Jogador versátil!


Thaynan me conta que quer ser jogador de futebol.
-E você quer jogar no gol ou na linha?
-Tanto faz!
-Como assim? Você não tem preferência?
-Sabe tia, o que eu quero mesmo é dar entrevista coletiva. Isto é que vai ser legal !

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

E por falar em adoção...

Marília tinha cerca de 7 anos quando nos conhecemos.
Sua mãe foi uma das pessoas mais iluminadas que conheci, era cega e lidava com a deficiência como um fato corriqueiro em sua vida; ela me ensinou a passar lençol com elástico! Fazia os melhores pães de mel do mundo, que para serem identificados ela enfeitava com uma florzinha laranja nos que tinham recheio de damasco e vermelha nos recheados com cereja.
Brincava dizendo assim:
-Tenho que identificar porque vocês são deficientes olfativos!
Alguns anos depois desenvolveu uma forma de câncer que a levou.
O pai também era deficiente visual assim como o irmão que também faleceu de uma forma rara de câncer ainda adolescente.
Estou contando tudo isto apenas para situá-los no cenário desta família que, com uma dose extra de amor, adotou Marília ainda bebêzinha.
Quando nos conhecemos Marília me explicou:
-Minha família era órfã de filha!
Minha querida, tenho muitas saudades de você!
Apareça pra eu poder lhe abraçar!
Que a vida possa lhe ensinar tanto quanto aprendi com sua mãe e lhe trazer tantas alegrias quanto tinham sua mãe e seu irmão!
FELIZ 2010!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Mais uma história de amor.

Beatriz é uma garotinha linda de 8 anos.
Mas além de linda, é uma pessoa muito especial, é afetiva, carinhosa e muito inteligente!
Certo dia estava com sua mãe e encontraram uma amiga que a mãe não via há muito tempo.
Ao ver Beatriz tão linda a amiga falou:
-Eu gostaria de ter filhos também, mas tenho tanto medo...já estou velha!
E complementou com uma pergunta:
-Sua gravidez foi muito complicada? Porque você também já não estava nova quando teve a Beatriz, né?!
A mãe ficou desconcertada em dar a resposta ali e tentou ser evasiva na resposta.
-Não...não teve problemas não...
Vendo a dificuldade da mãe, Bia resolveu rápidinho.
-Não teve problema nenhum.Você não sabia?
Eu sou filha dela mas não da barriga dela!

E é assim mesmo Beatriz, nossos filhos nascem de diversas maneiras mas sempre moram em nossos corações. E você tem o tamanho exato do coração de seus pais!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Papai-Noel analfabeto...


E a Júlia tem uma explicação para a "falha" do Papai-Noel:
-Acho que o Papai-Noel não sabe ler...
-Porque Júlia?
-Eu escrevi na carta que queria uma boneca e ele me deu uma caneca*!



*Foi o presente que todas as crianças receberam do
Papai-Noel que foi à escolinha dela para a festa de natal.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Mensagem de Natal.


Hoje é Natal!
Cada um de nós traz dentro de si lembranças da infância, de uma manhã onde abrir o presente deixado por Papai-Noel tinha um sabor especial.
Mas parece que hoje em dia o Papai-Noel exagera e passa na casa da madrinha, da tia, do vovô, do titio, e ainda vem à casa das nossas crianças.
Hoje na manhã de natal, nossos pequeninos ficam perdidos em meio a tantos brinquedos e presentes!
Talvez seja o caso de nós adultos, lembrarmos às crianças que Papai-Noel já está cansado e que não consegue chegar à todas as casas. Vamos incentivar nossas crianças a se transformarem em ajudantes do Papai-Noel, levando elas mesmas presentes aos que não foram visitados.
O sabor de dividir é indescritível e assim, no futuro, teremos pessoas mais conscientes de seu papel neste mundo.
Em respeito a fé de cada um devemos fazer com que os futuros adultos sejam mais tolerantes e que possam saber que o Menino-Jesus foi perseguido por ser judeu e desta forma deve ser considerado um representante das crianças vítimas das guerras, das perseguições e da fome.
Que hoje possamos enxergar em cada criança uma esperança num mundo melhor e mais justo!

Feliz Natal!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Tempo de amor!

Natal é tempo de amor, é tempo de dar, é tempo de receber o Menino-Jesus que é nosso maior presente!
Algumas pessoas se lembram que muito mais importante do que pedir prá si é lembrar de quem nada tem. Foi isto que fez Giovana...
video

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

A extinsão da medicina...


Mais uma de Pedro (aquele que quer ser surfista prá não ter que estudar!)
-Tia Zuleid, quando você era criança você gostava de estudar?
-Gostava.
-Desde pequena?
-É, desde pequena, mas não gostava de todas as matérias! Tinha coisa que eu detestava!
-E você queria ser "o quê" quando era criança?
-Sempre quis ser médica Pedro!
-É...Então eu acho que vão acabar os médicos do mundo porque eu não conheço nenhuma criança que gosta de estudar.
-Nem eu! Emenda Mariana a irmãzinha.
-Na minha escola só tem menina que quer ser modelo ou cantora ou artista!
Acho que a medicina tá mesmo com os dias contados...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cachoeira doméstica.


Maurício de 2 anos e 10 meses estava ouvindo "as maravilhas" a respeito de sua irmãzinha de quase 7 anos.
A mãe contava que ela mergulhava, que ela nadava, que ela parecia um peixinho...
-Eu gosto é de ficar debaixo da cachoeira.
-Você já foi à uma cachoeira???
-Já!! ...Tem uma na minha casa!
Foi aí que eu descobri que se tratava da mangueira que a mãe esguichava nele ao brincar na piscininha de plástico!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Coração na mão.


Giovana de quase 5 anos, estava em consulta quando a mãe disse:
-Ai doutora, a Giovana engasga muito ! Eu fico com o coração na mão quando tenho que deixá-la dormir na casa da avó ou da madrinha!
-E como você consegue tirar seu coração mamãe?

domingo, 20 de dezembro de 2009

Em cima do salto.

Lembra da Flávia, aquela que estava com as continhas da pulseira da irmã dentro do ouvido?Pois é, olha ela agora fazendo queixas da mãe!

Depois de tanto malabarismo apoiada no braço da cadeira, tomou um tombo e acabou chorando por achar que a irmã Tatiana estivesse rindo dela.

Mas cá prá nós acho que era um pouquinho de sono...

Tudo isto em cima do salto como você pode conferir no fim do vídeo!

video

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Gente X Feijão

Gabriel e eu estavámos falando sobre preconceitos raciais.
-Tia Zuleid, eu não sei porque tem gente que acha que é melhor ser branco do que ser preto! Você já viu que DEUS fez gente igual feijão?
-Não meu amor...Como é esta hitória?
-Tem gente branca, amarela, marrom e preta né? Igualzinho ao feijão; tem feijão branco, amarelo, marrom e preto!
Pois é...os filósofos, os sociólogos, os religiosos, enfim, o mundo todo tenta entender o que é tão simples aos olhos de alguém de apenas 6 anos!

Que tal sintonizarmos nossos olhos na freqüência da criança?

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Quem sabe, sabe!!

Gustavo de 4 anos sabe mesmo o que é ser torcedor.
-Prá que time você torce Gustavo?
-Depende de quem tá jogando!
-Como?
-"Aqui" é Palmeiras se for "lá"( isto quer dizer RS) é Grêmio!
-Humm, entendi ...
-Mas se for São Paulo X Corínthians eu gosto do Rogério Ceni que é bom goleiro e gosto do Ronaldo que é gorducho mas é bom jogador!
-Mas você não torce pro Palmeiras?
-Sim!!! Mas "eles" jogam bem e eu gosto de ver!
Isto sim é que é ser um apreciador do futebol!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Rigor científico


Olha só a dúvida de João Vitor, de 8 anos:
-Tia Zuleid, os dinossauros sabiam escrever?
-Não!
-E quando eles viviam tinha gente na terra?
-Não, as pessoa vieram depois, muito depois!
-Então como é que os cientistas ficam dizendo que na época dos dinossauros "tinha isto, tinha aquilo."...Ninguém conversava prá ter contado um pro outro e ninguém escreveu nada prós cientistas lerem! Acho que eles estão inventando, você não acha?

domingo, 13 de dezembro de 2009

Ser Surfista!


Pedro está interessado em saber sobre vocações.
-Tia Zuleid, eu pensei em ser professor, mas sabe de uma coisa, acho que não vou conseguir...Olha só, primeiro a gente tem que estudar pra passar de ano, depois prá entrar na faculdade, depois tem que estudar na faculdade e depois de formar ainda tem que estudar com os alunos!
Suspira fundo e completa:
Ah não! É muito estudo prá mim!
-Mas prá qualquer profissão temos que estudar!
-Não! Eu nunca vi surfista com livro! Eu vou ser é surfista!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Amigos X Colegas


Ellen de 4 anos é muito tímida! A professora reclamou que ela não participa das aulas e que não responde às perguntas.
-Você não gosta de conversar com os amiguinhos Ellen?
-Eles não são meus amiguinhos! São coleguinhas da escola!
-Sim, mas porque você não quis participar das lições que a professora pediu?
-Mas eu aprendi tudo! Até sem conversar eu aprendi!
-Sim, eu sei que você é esperta e aprende fácil, mas é preciso conversar com os coleguinhas para que eles se tornem amiguinhos!
-Humm!! Mas eu é que gosto de "saber" * quem é meu amigo! Quando eu "saber" * quem eu vou querer ser amiga, eu converso tá bom?
Tá certa Ellen, amigos são pessoas muito especiais e devem ser escolhidos com carinho!
* escolher

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

O problema está nos exames...

Thalia, de 9 anos tinha apresentado uma alteração em suas taxas de açúcar do sangue, era preciso fazer uma dieta sem açúcar.
O grande problema é que ela adora doces.
-Thalia, você não vai mais poder comer bolachas recheadas...chocolates...bolos...
-Nada a ver! Eu sou magra!
-Mas é que os seus exames estão mostrando que você está com muito açúcar no sangue meu amor!
A resposta não poderia ser mais objetiva
-Então pára de pedir exames!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Buenos Aires.

E pegando carona no assunto Buenos Aires...
Ao desembarcar esta semana em Terras Portenhas vejo um garoto de seus 6 anos olhando prá cima como se procurasse por algo.
-Era tudo mentira né mãe?
-Tudo mentira O QUÊ menino?
Responde a mãe tentando segurar a irmãzinha que teimava em descer do colo.
-Já olhei bem prá todo lado e não vi nenhum BOI NOS ARES!
Não teve quem não risse!

Beatles.

Esta história eu ouvi dos avós de Lucas de 7 anos, que tive o prazer de conhecer indo a Buenos Aires.
Certo dia sem que ninguém estivesse ao menos falando sobre música ou sobre a Inglaterra ele sai com esta:
-Preciso ir urgente a Liverpool!
-Porque meu filho? Perguntou o pai.
-Prá conhecer os Beatles! Só têm dois vivos, se eu demorar não pego mais nenhum!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Adulta ridícula!


Certo dia passando pela sala de espera vi uma criança (que eu não conhecia!) com cerca de 4 anos com uma chupeta na boca.
Ela estava acompanhando a avó que iria passar em consulta com o Clínico Geral.
Como eu nunca resisto a uma criança , puxei conversa:
-Você pode me emprestar a sua chupeta? Eu esqueci a minha!
Ela (era uma menina) me olhou com um ar de espanto e falou:
-Eu que sou pequena já é feio, imagina você que é adulta! Vai ficar ridícula de chupeta!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Tínida!


Gabriele se considera uma pessoa "tínida", e quando pergunto a ela o que faz uma pessoa "tínida" a resposta é esta:
-Gente tínida? Ah, dança funk!!
Dá prá ver a "tinidez" pela pose né?

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

DEZEZOITO!

Nicolas de 4 anos está "se achando" agora que aprendeu os números!
Hoje fez uma exibição de seu conhecimento contando até vinte!
-Um, dois, três,...quinze, dezesseis, dezessete, dezezoito, dezenove e vinte!
-Não é dezezoito, é dezoito!
-Não! É DEZEZOITO!
"Olha" pra você ver: dez-e-seis, dez-e-sete, DEZ-EZ-OITO, dez-e-nove!Entendeu?

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Amigas de verdade!

Mariana de 4 anos é sempre muito sincera com as próprias colocações. Mas o que mais chamou minha atenção hoje foi sua análise sobre a atitude de uma amiguinha.
-Tia Zuleid olha aqui no meu braço! Foi a Sofia!
Custando a ver do que se tratava aproximei-me e vi um pontinho escuro no bracinho da Mariana.
-O que foi isto?
-A Sofia enfiou o lápis no meu braço!
-Mas foi sem querer não foi? Disse tentando amenizar a discórdia.
-Não, foi "com querer"! Responde com um ar de seriedade.
-E a professora não viu?
-Viu! Ela brigou com a Sofia e pôs ela de castigo pensando!
-E agora, vocês já estão amigas de novo?
-Já! Ela é minha amiga e amigo não fica com raiva, fica só um pouquinho triste mas depois passa!
Quem de nós adultos, conseguiria ser amigo desta forma?