domingo, 28 de fevereiro de 2010

Cearense pode???




Letícia sempre foi uma garota diferente das demais no quesito alimentação!
Preferia frutas ao invés de doces, saladas no lugar de lanches, comida saudável SEMPRE!
E isto já era sua marca aos 4 anos que foi quando nos conhecemos! Hoje ela tem 12 anos e mantém os mesmos hábitos.
Quando ela me contou este "desentendimento" gastronômico com o pai não pude resistir a uma sonora gargalhada.
-Tia Zuleid, meu pai tá muito chato! Ele agora anda implicando com minha comida!
-Como assim Letícia, você come tão bem!
-Pois é, eu sempre comi tudo muito saudável, sempre preferi comida, nunca fui muito de lanches, você sabe né?!
-Sei Letícia, mas não tem problemas comer umas"besteiras" de vez em quando!
-Então!! Foi por isso que eu fiquei brava!
-???????
-Foi assim, outro dia eu tava louca pra comer esfiha, dessas comuns sabe? pois é, o meu pai não deixou!
-Porque??
-Ele falou que era muito gordurosa e que não fazia bem! Mas eu nunca tenho essas vontades e naquele dia eu tava morrendo de vontade!
Daí ela fez aquela carinha de adolescente questionadora e completou:
-E ele é Cearense! Desde quando Cearense pode criticar gordura em comida??

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Um lugar especial!


Pedro Henrique de 3 anos estava muito feliz com a viagem que havia feito com os pais neste verão.
-Foi muito legal tia Zuleid! Lá tinha uma praia grandona e eu comi muito cajú!
-Ah é? E prá onde foi que você viajou?
-"Acaraju" ué!

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Saudades.



Ontem fui incumbida de uma penosa missão. Vanessa, mãe do Ryan, aquele garotinho lindo do clipe do corinthians http://simplesassimzuleid.blogspot.com/2009/08/corinthians.html, estava grávida na 28ª semana e teve uma grave complicação tendo sido necessário intervir e fazer uma cesariana de urgência, mesmo assim ela ficou muito mal e ontem de manhã estava com todas as complicações possíveis e precisei falar com Ryan de 3 anos e 6 meses sobre esta situação.
-Ryan, tá tudo bem com você?
-Tá, mas a mamãe tá no hospital, ela tá com dodói no coração e o Iago ainda é muito pequenininho e também não pode vir embora.
-Eu sei, ele ainda vai demorar muito prá vir pra casa...
-É mas toda hora tem gente pedindo prá eu rezar pro Papai-do-Céu prá mamãe sarar...
Tia,você acha que ela vai sarar?
Nesta hora você tem que ser verdadeira, solidária ao sofrimento da criança e não trair a confiança que ela deposita em você.
-Ryan, às vezes as pessoas ficam muito doentes e não conseguem sarar, e ...
E antes que eu completasse a frase ele disse.
-Eu sei, acho que a mamãe vai morar com o Papai-do-Céu...mas eu tô muito triste e não quero falar disso, só quero um abraço...
E se jogou nos meus braços num longo e terno abraço.
Ontem à noite foi confirmada a morte cerebral da Vanessa.Hoje eu venho aqui pedir a todos vocês, de todas as crenças, que façam suas orações e encaminhem um "forte abraço de forças" a este meu amiguinho e seu irmãozinho que ainda está no hospital com cerca de 900grs e ao seu pai que está sofrendo muito.
Vanessa querida, que seu caminho seja de muita Luz ! Daqui eu peço que DEUS lhe conceda um lugar tão bom e tão alegre quanto você foi ao longo de sua vida.

Que seu vôo seja tão leve quanto esta bexiga que seu filho segura alegremente na foto aqui em cima.
Sentirei muita saudades.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Café com estilo!

Gabriel tinha 4 anos quando pela primeira vez foi com a escolinha a um hotel-fazenda.
Chegou em casa cheio de novidades:
-Mãe, eu vi um pé de laranja, um pé de milho e um pé de café!
Aí ele pensou um pouquinho e concluiu:
-Mas não é café de xícara, é um café diferente, ele é de bolinha!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Equívoco...


Pedro estava se queixando de dores nas pernas e orientei sua mãe a procurar um ortopedista conhecido:
-O consultório dele é no Ibirapuera.
-Mas perto de onde?
-É bem no começo da Brigadeiro*
Ouvindo isso e interpretando de seu próprio modo, sua irmãzinha Mariana já põe a mãozinha no joelho e diz:
-Eu também preciso ir nesse médico!
-Você tem dor nas pernas Mariana?
-É...eu preciso ir nesse médico, eu também quero Brigadeiro.

* (Av. Brigadeiro Luiz Antônio)

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

De quem é a Nenê?


Em tempo de carnaval não há como não me lembrar de Júlia, uma mini-sambista de 2 anos mas que já sabe do que gosta!
Quando questionada a resposta é imediata:
-De quem é esta nenê?
-Da Vila Matilde!!!!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Princesa de verdade!


Luiza esteve no consultório na sexta-feira antes do carnaval. Mas não estava sózinha, a irmãzinha Lara tinha consulta também. Luiza estava impossível!
Queria chamar atenção de qualquer forma e pulava, pendurava nos braços das cadeiras, apertava as bochechas da Lara!
Prá acalmá-la e mostrar o quanto ela é importante mostrei esta foto que fizemos em uma outra consulta.
-Olha Luiza, você com sua tiara de princesa!
-Não é tiara, é Coroa porque eu sou "Princesa de verdade"! Nem é de carnaval não!!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Tá me estranhando?

Pedro de 3 anos foi almoçar em uma churrascaria com a família. Felicíssimo, acomodado em uma "cadeira alta" (ele não aceita dizer que é cadeirão!) e o garçom se aproxima com o espeto de carne e pergunta:
-Fraldinha?
-Não! Eu tô de cueca!

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Pneumologia...


Vinícius de 12 anos é uma pessoa que tem o bom astral como marca pessoal e permanente.
Ontem quando já estávamos terminando a consulta ele me surpreendeu com um comentário prá lá de sensacional:
-Você é Pneumologista? Minha mãe é que falou!
-Não, sou Pediatra, porque??
E antes de saber o porque da pergunta já me antecipei (e errei claro!!) e complementei:
-Mas não é preciso ser Pneumologista prá tratar asma...
-Não é disto que eu tô falando! É que eu já tô tratando aqui há tanto tempo né...e nada!
-Como assim? Você não está ótimo, sem crises, sem cansaço??
-Eu tô falando é dos pneus, destas gordurinhas aqui de lado óh!!
(apontando prá própria cintura) Eles "tão" cada dia maiores! Pensei que Pneumologista cuidasse dos Pneus!!!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Cabelo preso


Mariah de 4 anos explica como gosta de prender seu cabelinho:
-Eu gosto que "põe" muitas presidiárias coloridas!!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Pergunta desconcertante.

Sei que pode parecer mentira mas eu juro que foi exatamente isto que eu ouvi da Letícia de 2 anos e 7 meses:
-"Pôque" ocê tem dois"compadodor"? Só tem uma ocê!
Disse isto apontando pro meu P.C e pro Notebook.
-Você gosta de computador Letícia?
-Ahhãm...
-Mas o que você faz com o computador?
-Eu "méxo" na tela e desenho e pinto!
-Ah!...
-Mas eu quelo é entlá no meu "okut" sabia? E o Caio, muito chato, não deixa! Eu quélo ir pá escolinha então!
-Letícia você tem certeza que sabe entrar no Orkut? Pergunto pasma.
-"Assoluta"!
Por esta resposta então...ninguém esperava!
video

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Focando no problema!


Nicolli de 4 anos está ansiosa prá contar as novidades; e conversadeira como ela só, engata um assunto no outro sem nos dar tempo de interrompê-la.
Tem mil queixas:
-Dói minha garganta, tem um engasgo que escorrega aqui no pescoço, tem umas coisas que ficam enroscando aqui...(apontando pra região do esôfago)!
Tudo isto perfeitamente justificável pelo Refluxo que já sabemos que ela tem e que causa muita azia, coitadinha!!
Tentando desviar o assunto pergunto:
-E a escola? Tudo bem?
Por 2 segundos ela pára, pensa, dá um suspiro de resignação e arremata:
-Melhor você conversar coisa de médico porque eu demorei muito prá voltar aqui e na escola eu vou todo dia!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Preciosidades.


Hoje Gabriela e Giulia vieram à consulta.
Entre duas irmãs as disputas são inevitáveis e com elas não é diferente.
Para amenizar a situação dei exatamente os mesmos "presentes" para as duas: 2 bexigas, folhetos sobre proteção dos ouvidos, folhetos sobre alimentação, suplementos alimentares , abaixadores de línguas, post-it e prá finalizar um "Certificado de Valentia" que é um impresso onde se coloca o nome da criança e com um texto elogiando sua coragem e seu comportamento durante a consulta ou vacina.
Saíram radiantes, cada qual com sua sacolinha!
Mais tarde recebi um telefonema da mãe me contando que no carro Gabriela de 5 anos disse:
-Mamãe você viu como a tia Zuleid hoje tava tão preciosa!
-Como assim filha?
-Preciosa mamãe! Preciosa de dar presente, entendeu?

Gabriela, mesmo que eu não saiba exatamente o que você quis dizer com a palavra preciosa, posso lhe garantir que nada prá mim pode ser mais precioso do que um abraço e um sorriso como o que eu ganhei hoje de vocês duas!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Questão de marca.

Essa história aconteceu há 20 anos!
Gabriel sempre foi muito vaidoso e desde pequeno gostava de roupas de marca.
Quando fez 7 anos dei a ele uma calça jeans da marca "Vias Paralelas".
-Mãe, essa marca é chique? Ele perguntou.
E antes que eu pudesse responder, Danilo seu irmão de 4 anos já foi logo desfazendo o encanto:
-Bel, essa calça não tem "Fê" (F de Forum), não tem raio (o símbolo da Zoomp), e eu nunca vi ninguém importante usando roupa Vias Paralelas.

Direto do túnel do tempo...Bons tempos!!!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

"O" bediente!


A mãe de Cauã de 2 anos e nove meses, estava reclamando de seu comportamento...
-Ele não tem limites doutora! Não adianta falar com ele!
Olhei para aquela carinha safada e perguntei:
-Você é obediente?
-Não! Eu sou "O" Cauã, não sou "O" bediente!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Cumprindo metas...


Matheus tinha combinado que iria diminuir a quantidade de comida, e também que iria tentar fazer um pouco mais de exercícios nas férias.
Hoje fomos conferir os resultados depois de 42 dias de férias em que esteve se esbaldando na praia.
-Eu fiz do jeito que combinei com você! Só comia uma coisa de cada vez!
-Que legal! Mas como você escolhia o que ia comer?
-Ah, primeiro eu comia o milho, depois o pastel, depois o sorvete...
-Mas Matheus, era prá ser um cada dia! Não todos no mesmo dia!
-Ah, mas tambem tinha a moça da barraca que todo dia dava um pouquinho da comida dela prá mim, arroz, sardinha, tomate... Você não disse que eu tenho que comer comida? Então! Eu comi do jeito que você falou!
-E também eu andava muito!!! Ia na barraca do milho, na de sorvete, na do pastel e até na da água-de-côco.

Mas como o anjo-da-guarda de criança é especial, o danadinho ainda conseguiu emagrecer com toda essa comilança!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Inteligência lusitana.

Rhaissa é neta de portugueses, e como sempre ouviu piadinhas sobre a falta de inteligência "dos portugas" já tratou de defender o avô!
-Tia, meu "vô" é português só de cantar, porque ele sabe fazer conta direitinho! *
* O avô cantava músicas portuguesas!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

A troca...

Júlia de 4 anos havia feito um trato, ela deixaria a chupeta na árvore de natal prá trocar com o Papai-Noel que lhe deixaria uma boneca.
Pois bem, hoje ela veio à consulta e a mãe contou que continuava usando a chupeta:
-Mas Júlia, você não fez um trato com o Papai-Noel? Ele não trouxe sua boneca?
-Trouxe...mas...sabe tia Zuleid, eu acho que ele tá tão velhinho que esqueceu de pôr os óculos!...
"Daí" ele não achou a chupeta...
Vendo que não estava convencendo, completou:
- É que eu esqueci de colocar na árvore, mas tava "fácinha" de achar embaixo do travesseiro!

Princesa em tempo integral!


Danielle sempre foi chamada pelo pai e pelo irmãozinho de "princesinha", e agora com apenas 2 anos já tem consciência do que significa um título de nobreza.
Dia destes chorava para não vestir o pijama e depois de muita insistência da mã ela desabafou:
-Princesa não põe pijama, princesa põe camisola!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

A casa do anãozinho.

Meu consultório é muito simples, minha sala tem uma maca de alvenaria e embaixo dela para aproveitar o espaço, colocamos umas prateleiras onde guardo pápeis e impressos. Tem uma portinha de mais ou menos 70 cm de altura fechando este espaço.
Pois bem, certo dia Alexandre de 4 anos, se enfiou ali e não teve quem o tirasse!
-O que você quer aí meu amor? Perguntei
-Xiii! Fez com o dedinho na boca.
-Tô esperando o anãozinho que mora aí dentro!!!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Esperando a vaga

Giulia tem 4 anos e é uma garotinha muito esperta. Ontem durante a consulta me disse que estava esperando vaga na escola pública perto de sua casa.
-O que é vaga Giulia?
-É quando a moça da escola arranja outra cadeira pra criança nova que quer estudar!
-Ah!! Entendi! Você quer uma cadeira pra poder aprender a escrever e fazer as atividades com os coleguninhas né?
-Não! A cadeira é pra sentar e desenhar! Eu quero aprender a escrever no computador prá mandar email!
E enquanto isto, ela e tantas outras crianças, ficam "de fora", aguardando a vaga...