quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Atentado.


Flávia de 4 anos veio hoje à consulta porque apresentava um quadro de urticária.
Ao perguntar sobre possível dor na garganta respondeu:
-Só dói quando eu tomo água com açúcar!
-Mas porque você toma água com açúcar?
-Ah...quando eu fico com susto de alguma coisa...
-O que por exemplo?
-Humm...quando entra alguma coisa no meu ouvido!
Automáticamente fui investigar e, claro, vi que havia algo dentro do ouvido. Parecia uma conta cor-de-rosa dessas de colar ou pulseira.
-Flávia, tem aqui dentro uma bolinha cor de rosa!
-Deve ser sujeira!
-Sujeira cor-de-rosa? Perguntou a mãe.
-Ah mãe, tem sujeira de todas as cores até azul e cor-de-rosa!
-Mas Flávia, tá mais parecido com uma daquelas bolinhas de colar ou pulseira!Retruquei.
-Eu "prometo" que não fui eu! (Já com os olhinhos arregalados!)
-Mas como será que isto entrou aí então?? Perguntei me fazendo de boba.
-Acho que foi na hora que eu dormi no sofá da casa da vovó! Deve ter sido alguém maldoso que entrou e pegou uma bolinha do colar da Tati (irmã mais velha) que "tava" arrebentado e escondido debaixo da almofada, e colocou dentro do meu ouvido!
-Mas como pode ter sido isto?
-Sei lá! Eu tava dormindo! Só sei que não foi a Tati porque ela não ia fazer uma maldade dessas com a irmãzinha dela!




Depois de retirada a bolinha constatamos tratar-se mesmo de partes do dito colar.

Um comentário:

Beto & Mari disse...

Que lindinha!!! Quem será que foi... rsrsrs