domingo, 3 de janeiro de 2010

A morte.

Esta história também já é "antiga".
Felipe estava muito impressionado com a morte e com razão; tinha perdido uma tia muito querida aos 30 anos.
Poucos dias após esta tragédia chegou ao consultório e me perguntou:
-Tia Zuleid, quantos anos você tem?
-45.(Já faz tempo!!!)
Ele me olhou muito assustado e falou:
-Nossa, então tá pertinho de você morrer!
-Porque? Perguntei já imaginando a resposta
-Minha tia tinha 30 e morreu!
-Ah! Mas eu não estou doente Felipe!
E ele sem dó:
-Ela também não tava, você vai morrer sim! Pode esperar!
Passado alguns dias ele retornou à consulta e ao me ver exclamou espantado:
-Nossa! Que bom, você não morreu mesmo!

Um comentário:

Solange Maia disse...

E salve a vida, não é Zuleid ?

vida linda prá gente viver...

beijoca