sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Dez Direitos Naturais das Crianças.

Algumas crianças também se disfarçam de adultos no dia-a-dia ou na dureza de suas funções, mas é só terem uma chance que deixam transparecer a beleza de sentimentos e a capacidade de extrair do simples o mais dificil: Ser inteiro!
Recebi este e-mail de uma pessoa muito especial e tomo a liberdade de dividir com vocês a alegria e emoção contidas no link que podem acessar, mas quero que todos conheçam os "Dez Direitos Naturais das Crianças" que transcrevo abaixo.
P.S. O Ricardo eu já sabia que era especial , a surpresa foi o Rubem Alves !

"Saudações, drª Zuleid...
Dia desses, ouvi falarem do http://simplesassimzuleid.blogspot.com/, e fui conferir mais de perto... Gostei muito dos relatos que li. Tem cada figuraça!!! Morri de rir.
Lembrei-me, então, de uma crônica do Rubem Alves (extraída dehttp://www2.uol.com.br/aprendiz/n_colunas/r_alves/id131002.htm) que, presumo, seja de seu conhecimento."... o melhor de tudo são as crianças..."
Ricardo André Ribeiro Barbosa

"Dez Direitos Naturais dasCrianças"
1. Direito ao ócio: Toda criança tem o direito de viver momentos de tempo não programado pelos adultos.
2. Direito a sujar-se: Toda criança tem o direito de brincarcom a terra, a areia, a água, a lama, as pedras.
3. Direito aos sentidos: Toda criança tem o direito de sentir os gostos e os perfumesoferecidos pela natureza.
4. Direito ao diálogo: Toda criança tem o direito de falar sem ser interrompida, de ser levada a sério nas suas idéias, de ter explicações para suas dúvidas e de escutar uma fala mansa, sem gritos.
5. Direito ao uso das mãos: Toda criança tem odireito de pregar pregos, de cortar e raspar madeira, de lixar, colar,modelar o barro, amarrar barbantes e cordas, de acender o fogo. 6.Direito a um bom início: Toda criança tem o direito de comer alimentos sãos desde o nascimento, de beber água limpa e respirar ar puro.
7.Direito à rua: Toda criança tem o direito de brincar na rua e na praça ede andar livremente pelos caminhos, sem medo de ser atropelada por motoristas que pensam que as vias lhes pertencem.
8. Direito à natureza selvagem: Toda criança tem o direito de construir uma cabana nos bosques, de ter um arbusto onde se esconder e árvores nas quais subir.
9. Direito ao silêncio: Toda criança tem o direito de escutar o rumor do vento, o canto dos pássaros, o murmúrio das águas.
10. Direito à poesia:Toda criança tem o direito de ver o sol nascer e se pôr e de ver as estrelas e a lua."
E aí eu pedi às crianças licença para acrescentar o décimo primeiro direito:
"Todo adulto tem o direito de ser criança..."
E eu, aqui como representante das crianças que fazem este blog existir, pela grandeza de suas almas, e pela excelências dos serviços prestados à essas mesmas crianças, Ricardo e Rubem Alves, lhes concedo este direito.
Um forte abraço!

3 comentários:

Anelisa Bueno disse...

Ah Zu!!! Que coisa mais linda...Seu blog esta cada dia melhor! Voce escreve lindamente, e nos faz rir chorar e nos emociona com seus relatos e sua poesia!
Amo voce amiga! Nao pare NUNCA de ser como voce eh! Beijos da amiga, Ana

Iris Rocha disse...

Que lindo isso!!! Adorei eu da minha parte procuro fazer por meus filhos o que posso dentro dos limites do bom senso o que se descreve aqui, criança tem que ser criança e sempre aproveitar a vida e ir nas consultas sem falta para ouvir todas as orientações de quem entende de criança...

Bjos **Iris**

Anônimo disse...

Que lindo Zuleid, amei! Vou tentar seguir a risca a cartilha com os 10direitos naturais da criança.
A gente tem mesmo é que parar pra pensar sempre nas exigências dos pequenos... Acho que lembrar do nosso tempo de criança é fundamental.
Também adorei a notícia que você me contou lá no blog! Parabéns!!!!
Um abração!
Erika